Atividades Religiosas Tornam-se Serviços Essenciais

O prefeito Ricardo Nunes sancionou a Lei 17.647/2021, da qual sou coautora, que torna as atividades religiosas e locais de culto como serviços essenciais na cidade de São Paulo.


É preciso garantir e preservar a prática religiosa, sobretudo em momentos que precisamos nos amparar na fé para transpor muitas dificuldades e também pela importância social que os templos religiosos têm no amparo às pessoas que vivem em situação de vulnerabilidade social.