PROIBIÇÃO DA VENDA DE MEDICAMENTOS EM SUPERMERCADOS

O Prefeito Ricardo Nunes sancionou a nossa Lei 17.674/21, que que proíbe a venda de qualquer tipo de medicamentos em mercados, supermercados, lojas de conveniência e estabelecimentos similares.


Esta iniciativa foi elaborada em parceria com o Conselho Regional de Farmácia do Estado de São Paulo (CRF-SP) e visa prevenir os cidadãos de São Paulo sobre a possibilidade de aprovação de uma Medida Provisória do Governo Federal, que pretende liberar a venda de remédio nesses estabelecimentos, sem receita médica e o acompanhamento dos farmacêuticos.